A dor da fibromialgia

A causa da reincidência da dor da fibromialgia é considerada atividade cerebral anormal. Os cientistas médicos sustentam que a presença de certas disfunções cerebrais determina um aumento pronunciado da excitabilidade nervosa em todo o corpo. Diferentemente das pessoas saudáveis, os pacientes com fibromialgia percebem estímulos externos de maneira muito intensa. Por exemplo, muitas pessoas que sofrem de fibromialgia desenvolvem uma sensibilidade à luz e à temperatura como consequência de disfunções nervosas. Experimentos científicos revelaram o fato de que, no caso de pessoas com o distúrbio, a dor da fibromialgia é enfatizada pela atividade cerebral anormal. Quando expostas a um estímulo da mesma intensidade, as pessoas com fibromialgia podem perceber uma sensação de dor intensa, enquanto a maioria das pessoas saudáveis não tem reações a esse estímulo específico. 

Um aspecto interessante da fibromialgia é que todas as pessoas com esse distúrbio sentem dor nas mesmas regiões do corpo. A dor da fibromialgia está localizada principalmente em pontos específicos do corpo, chamados pontos-gatilho. Existem nove pares de pontos de gatilho no corpo, e eles estão localizados nas seguintes regiões: região inferior do crânio, parte de trás do pescoço, parte superior das costas, parte central das costas, parte inferior das costas, ombros, região das nádegas, cotovelos e joelhos e região dos quadris. As áreas que circundam os pontos onde a dor da fibromialgia é percebida na intensidade máxima são chamadas de pontos sensíveis. Jocross Hapvida Recife